Pages

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Museu do Azulejo de Istambul - Çinili Kiosk






Hoje vou falar do Museu do Azulejo, o "Çinili Kiosk". O museu faz parte do complexo de museus arqueológicos de Istambul, e estão localizados um ao lado do outro, no bairro de Sultan Ahmet, próximo ao Palácio Topkapi. São eles: O Museu Arqueológico, o Museu do Antigo Oriente e o museu do Azulejo. O complexo é considerado um dos 5 maiores museus arqueológicos do mundo. O Çinili Kiosk foi construído na época do sultão Mehmet II, o conquistador, em 1472, e fazia parte do Palácio Topkapi, sendo utilizado como lugar de entretenimento da corte, e também era onde o sultão se refugiava dos problemas do palácio para simplesmente brincar com seus filhos. Em 1967 o governo turco reformou o local e reabriu como museu. No Çinili Kiosk é possível apreciar vários tipos de cerâmicas e peças de azulejos produzidas, sobretudo, na época dos Seljúcidas e do império otomano, num total de aproximadamente 2 mil peças. Uma das peças que mais me impressionou foi a fachada da janela da escola de ensino islâmico, construída pela Sultana Hürrem, esposa do Sultão Solimán, o magnífico, em Istambul. A peça tem inscrições em árabe e ainda está em ótimo estado de conservação após mais de 500 anos! As cores predominantes, em quase todas as peças do museu, é a turquesas e o azul marinho, onde em alguns painéis pode-se observar contornos finamente pintados a ouro. Me chamou a atenção também a chamada fonte da vida, construída em 1590, no reinado do sultão Murad III, toda finamente decorada em ouro.

4 comentários:

ManDrag disse...

Olá, amiga

O azulejo (que é uma palavra do vocabulário português de origem árabe) é uma das ricas heranças que a presença árabe na Península Ibérica deixou aos povos ibéricos. Os portugueses souberam aproveitar essa herança e fazer dela uma arte nacional. Em Lisboa também há um Museu do Azulejo.
É uma arte difícil e de resultados aprazíveis. Não esqueçamos que são os ricos padrões dos azulejos que dão às mesquitas e palácios muçulmanos o deslumbrante acabamento decorativo que tanto nos encanta e delicia.

Um abraço, com amizade

Mari disse...

ManDrag! Que interessante essa informação. Que bom contar com um comentarista como vc.

teresa disse...

tudo muito interessante.

Hürrem disse...

Sim ManDrag, os azulejos portugueses também são maravilhosos, temos vários exemplos disso no Brasil mesmo, como no mosteiro São Francisco? (agora esqueci o nome dele) em Salvador, Bahia, muito lindos. A Mari tem razao ManDrag seus comentários sempre enriquecem nossos blogs. Obrigada!