Pages

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Mardin































Mardin é uma pequena cidade do sudeste turco, capital da província de mesmo nome, com uma população de cerca de 10 mil habitantes. A cidade está inserida entre a área da Anatólia e a Mesopotâmia. A população é composta, na maioria, por habitantes da etnia curda, mas também é possível notar a presença de turcos, sírios e árabes. O nome Mardin é proveniente da língua aramaica e significaria fortaleza, sendo conhecida por este nome desde o tempo da civilização assíria. Ao redor de Mardin existem, até hoje, vários templos e monastérios cristãos ortodoxos de origem síria, alguns deles ainda em pleno funcionamento (postarei aqui brevemente um artigo específico sobre os monastérios do local). A cidade, toda construída no alto de uma montanha, é realmente vista como uma fortaleza para quem vem chegando pela estrada de acesso. Estar no topo de Mardin e observar toda a imensa planície da mesopotâmia é realmente uma experiência única. Quando observei a planície do alto, me senti o próprio Hassan i Sabbah, o líder da seita Assassinos, que vigiava todo o movimento das estradas desde o seu legendário castelo de Alamut. Os habitantes de Mardin são extremamente hospitaleiros, e nada conservadores, o que me surpreendeu bastante. A grande maioria das mulheres não se cobre. A cidade é um dos cenários favoritos para a produção de novelas turcas. Anualmente Mardin promove um concorrido festival de cinema, que ocorre normalmente no mês de junho.


Foto 1: Vista da imensa planície da Mesopotâmia;


Foto 2: Ruínas de uma antiga fortaleza, onde não é permitida a visitação, pois é área militar, infelizmente;


Foto 3: Ruas de Mardin, com sua arquitetura típica;


Foto 4: Umas das diversas lojas de sabonetes naturais, típicas de Mardin;


Foto 5: Vista da cidade ao longe, da estrada de acesso.

22 comentários:

Mari disse...

Amiga querida, olhando o seu blog e vendo todas essas postagens sobre as cidades do leste turco, tenho certeza que é uma das poucas fontes em português que falam sobre esse território.
Tenho que te super parabenizar amiga, por nos proporcionar todas essas informações culturais!

Mardin é linda!!! E me surpreendeu por não ser tão conservadora quanto imaginamos. Que vontade que deu de dar um pulo lá :)

Beijo

Hürrem disse...

Amiga obrigada!!! Vc aqui sempre me prestigiando com teus comentários amáveis!
Mardin é realmente um encanto, taí um lugar que tenho vontade de visitar de novo, pois 2 dias na cidade não foram o suficiente para ver tudo o que a mesma oferece em termos de história! Beijos

cristina disse...

Muito bom saber um pouco da cidade que meu avo nasceu. Obrigada.



Unknown disse...

Me disseram que a região de Mardin é a mais violenta da Turquia. Então a pessoa era mal informada, não é?

Hürrem disse...

Olá, a região onde se encontra a província de Mardin, que é a região sudeste da Turquia, tem aquele problema com os curdos que querem separar aquela área toda da Turquia e formar o Curdistão... o tema da violência lá é ligada a alguns ataques terroristas a autoridades turcas, geralmente militares. A população civil nunca é o alvo desses ataques, porém já aconteceu de colocarem uma bomba na estrada para pegar um carro militar e a bomba acabou explodindo em civis.... Violência urbana, assaltos, sequestros, etc é quase inexistente. Eu viajei por toda essa região, não tive problemas, é uma viagem maravilhosa , vale a pena visitar.

Fatima de Andrade disse...

Boa noite!

Li os comentários e também adorei o seu blog!!

Continue a nos informar com as belezas deste país, que me parece, tão encantador!

Parabéns!

Att. Fatima de Andrade

Anônimo disse...

Tô assistindo sila novela da band e encontrei seu post. Esse mundo de regras e diferenças culturais.. Eu te parabenizo por mostrar algo tão distante da minha realidade.. Tava querendo ver o jeito das casas...

Maria Helena Franciosi disse...

Parabéns pelos relatos. Acabo de conhecer o blog e achei fantástico os lugares descritos. Estive duas vezes na Turquia e na última vez fiquei uns 15 dias. A história desse país é maravilhosa e as novelas turcas só nos fazem conhecer mais seus costumes e tradições. Parabéns mais uma vez.Ótima idéia.Desde agora me tenha como uma fiel leitora. Até Maria Helena Peterlongo Franciosi


Hürrem disse...

Obrigada pessoal pelos elogios, os mesmos só me fazem querer escrever mais e mostrar muito mais desse maravilhoso país, a Turquia. Beijos a todos!

Nassara Dias disse...

Gostei muito do seu blog, continue nos informando sobre a cultura, as belezas e o que considerar de mais interessante neste belo país que foi um grande berço para o desenvolvimento da civilização. Obrigada! Nássara

Anônimo disse...

Eu também estou assistindo Sila, por isto que me interessei pela cidade. Fiquei curiosa em saber se eles tem mesmo aquelas tradições tão severas e antigas, muito difícil de entender, mas muito boa a novela. Gosto de ver outras culturas. Parabéns!

Anônimo disse...

Estou gostando muito da novela sila, é encantador esse lugar.

Thalita Cristina Dias Rocha disse...

Boa noite, perfeito esse blog muito obrigado ... Estou acompanhando a novela, Sila perfeita... Também acompanhei fatmagul, há digo acompanho porque não assisto todos os dias pois faço Faculdade! Perfeito parabéns...

Denise Moraes disse...

Adorei ficar informada sobre Mardin. ..
Estava mto curiosa pois acompanho a Novela Sila na TV Bandeirantes e fiquei encantada...Obg

Hürrem disse...

Oi Denise,

Não deixe de ler sobre Midyat também, que é o local onde vivem Boran e família :)
http://vida-na-turquia.blogspot.com.br/2012/01/midyat.html

Izabelle Cristini disse...

Nos fale mais aqui no seu blog sobre Midyat e também sobre essas tais "Tradições"! Se elas realmente são reais nessa região, ou, se é apenas ficção da novela Sila. OK?!

Denise Moraes disse...

Obrigada Hurrem! Com certeza vou ler sobre Midyat.♡☆

ELEN DE CASSIA SANTOS NOVAIS disse...

Obrigado por nos proporcionar tantos conhecimentos, e com uma maneira bem clara e objetiva.

Marília Domingues disse...

Estive hospedada lá em 2010 com um amigo turco. A região é belíssima mesmo. No hotel onde fiquei, o Antik Tatlidede, dava para ver todo o início da Mesopotâmia. Quando cheguei e vi a vista não acreditei que estava lá. Fui para várias cidades da região como Mydiat, com suas joalherias, mas mesmas que vi no Gran Bazar em Istambul. Fui também num monastério belíssimo, mas pena que não haviam guias em inglês.
Hasankeyf também me surpreendeu com as casas escavadas nas pedras e o Rio Tigre!!
Zapeando na Tv, parei na Band e fiquei assistindo a novela atual, e percebi que se passa lá na região! Matei um pouco a saudade de lá.
Caso queira ver as minhas fotos de lá, no meu Face tem um álbum da minha viagem.

Hürrem disse...

Que legal Marília!
Também escrevi sobre Midyat, Hasankeyf e região. Depois se quiser da uma olhadinha no histórico de postagens do blog que as matérias estão lá.
Beijos

Sandra disse...

Que blog maravilhoso e bem elaborado. Parabéns Hurrem! Parabens também pelo Face. Adorei a matéria de Midyat. Afinal, depois que comecei a ver Sila me apaixonei por tudo que relaciona com a mesma, a começar por Mehmet, Cansu, Tayanç, Synem (eterna Ayse) que faz aniversário hoje, Zeynep (mãe Bedar)e outros mais. Que elenco!!Que lindo trabalho!!! Assim, tenho pesquisado tudo que se relaciona a Turquia. Obrigada por seu trabalho. Beijos. Sandra (08/08/2016)

Hürrem disse...

Muito obrigada Sandra! É muito gratificante saber que as pessoas gostam do trabalho da gente! Isso dá mais força para gente continuar! Beijo carinhoso.