Pages

segunda-feira, 8 de março de 2010
















Para complementar a série de fotos sobre a capadócia não poderia deixar de postar as pinturas desenhadas em homenagem a São Jorge, em uma das antigas capelas cristãs, no museu aberto de Göreme. De acordo com a lenda, São Jorge teria nascido na Capadócia, e ainda pequeno teria regressado a palestina, terra de sua mãe. Jorge seguiu a carreira militar, e teve uma carreira meteórica, sendo logo reconhecido pelo império romano como Conde da Capadócia. Com a morte da mãe e vendo como os cristãos eram perseguidos cruelmente pelo império, distribuiu seus bens aos necessitados. O imperador Diocleciano tinha decidido, em uma reunião a qual Jorge estava presente, que mataria todos os cristão. Jorge se levantou e disse que os deuses pagãos não passavam de ídolos, condenados por pelo verdadeiro Deus, que não passavam de falsos deuses e que a única verdade era Nosso Senhor Jesus Cristo. A partir desse dia, o imperador passou a persegui-lo, torturando-o muitas vezes, na tentativa de que ele renegasse a fé cristã. Após muitas torturas, e como Jorge não renegava a Cristo, o imperador mandou degola-lo no dia 23 de abril de 303. Os restos mortais de Jorge foram transportados para Lida, terra natal de sua mãe, e lá o imperador Constantino mandou construir um santuário em honra de Jorge, para que ele fosse reconhecido como santo.

2 comentários:

Mariana disse...

Puxa ...Que energia boa deve ter esse lugar.
São Jorge é um mártir mt querido no RJ. E mt venerado em letras de músicas brasileiras.
Gostei! Obrigada por postar. Bjs

Hürrem disse...

Que bom que gostou Mari!!! Sim tem uma energia muito boa essas cavernas que foram capelas lá na capadócia!! Vale a pena ir mesmo!