Pages

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Algumas curiosidades da Turquia e dos turcos

Devido a popularização das novelas turcas no Brasil (Mil e uma noites, Fatmagül e Sila), muitas pessoas passaram a se interessar pela Turquia e sua cultura. Por isso decidi escrever sobre algumas curiosidades a respeito do modo de vida e dos costumes turcos.Vou numerar os tópicos para ficar mais fácil diferenciar os assuntos.
1) Uma das coisas que mais me chamou a atenção no modo de vida da sociedade turca quando eu me mudei para esse país, como eu comentei no em um post anterior ( as novelas turcas na América Latina ) , é o fato dos turcos serem muito apegados à família. Na Turquia a pessoa casa e não passa a formar uma família a parte, ela passa a integrar uma família maior, que é composta pelos familiares do homem e da mulher. Os casais moram sim em casas separadas, na grande maioria das vezes, mas mesmo assim, as obrigações familiares (visitas protocolares, etc ) continuam e o entrosamento com as famílias deve existir. Caso não exista essa entrosamento, se o casamento não tiver muito amor poderá ser ameaçado, pois algumas famílias podem fazer a vida do casal impossível.
2) Quando o casamento for entre turcos e estrangeiros, o mais comum é o homem turco e a mulher estrangeira. Mas também acontece casamentos entre mulheres turcas e estrangeiros, embora menos comum. Normalmente a família turca tem boa aceitação pelo casamento com estrangeiros, desde que o estrangeiro se mostre uma pessoa flexível a aceitar os costumes turcos de uma maneira geral.  Algumas famílias mais conservadoras podem tentar convencer o estrangeiro a se converter  ao islamismo, mas a maioria das famílias turcas modernas respeita que o estrangeiro tenha sua própria fé.
3) O homem turco historicamente falando,costuma ter atração pelas mulheres estrangeiras, desde o tempo dos sultões, pois estes geralmente não tinham filhos com mulheres turcas, a grande maioria das concubinas dos sultões eram mulheres do atual leste europeu, cristãs , que eram capturadas como escravas e passavam a integrar o harém dos sultões.
4) Uma boa parte das mulheres turcas não trabalha e nem está interessada em trabalhar. Elas desejam mesmo é casar, ter filhos e um marido que as sustente. As turcas modernas,  e existem muitas, sobretudo nas cidades grandes, já pensam o contrário, querem ter uma carreira e combinar-la com a formação de uma família.
5) A educação turca geralmente é muito boa, a grande maioria das boas universidades é bilíngue, com aulas em turco e inglês.
6) Na Turquia era muito raro ver a presença de mendigos nas ruas, pois a classe pobre do país não é miserável. Atualmente existem mendigos nas ruas, sobretudo em Istambul, por causa dos refugiados sírios que não conseguem emprego, pois não há empregos suficientes para tantos refugiados no país, e passam a mendigar.
7) A Turquia é um país onde as pessoas normalmente vivem confortavelmente, o custo de vida não é alto, as casas possuem calefação para o inverno, diferentemente do sul do Brasil onde as pessoas podem ser ricas mas não possuem calefação condizente com o frio que faz. Outro ponto interessante é que a classe média normalmente possui máquina de lavar-louças em todas as casas. É raro ver uma casa que não possua uma lava-louças.
8) Os turcos costumam ser nacionalistas, o fundador da República turca, Mustafá Kemal Atatürk é um semi-deus, ninguém pode falar mal dele. O nome Atatürk, que significa pai dos turcos, é considerado um nome exclusivo, ninguém mais pode ser registrado com esse nome.
9) Um coisa importante para se conviver bem com os turcos é mostrar respeito pelas tradições deles.
10) Aqui faço um parênteses sobre essa questão dos casamentos entre estrangeiros para  dizer que, muitas pessoas não conseguem manter uma relação harmônica com estrangeiros, e não falo somente dos turcos, mas de estrangeiros  de uma maneira geral, porque esperam encontrar a forma de vida do Brasil e dos brasileiros em outras pessoas e em outros países. Isso nunca dá certo, quem vai morar e/ou casar com um estrangeiro deve saber, entender e aceitar que não vai encontrar a forma de vida brasileira em outro local e deve aceitar essa realidade, se adaptar e procurar viver da melhor maneira possível para que o relacionamento se torne viável. Em resumo, é como diz o ditado popular "Em Roma aja como os romanos" .
11) Voltando à Turquia, outra coisa interessante é que nas viagens de ônibus, um homem não senta ao lado de uma mulher e vice-versa, só se eles forem um casal, familiares ou conhecidos, ou seja , se você homem ou mulher comprar uma passagem de ônibus pode ter certeza que não sentará ao seu lado uma pessoa desconhecida do sexo oposto. Caso o ônibus esteja cheio e a última passagem for para uma pessoa sentar ao lado do sexo oposto essa passagem não será vendida e o lugar ficará vazio. Já nas viagens de avião não ocorre isso, pessoas desconhecidas do sexo oposto se sentam lado-a-lado.
12) Para os turcos um homem não ser circuncidado é algo inconcebível. A circuncisão é realizada não só por tradição, mas também por ser considerada ato de higiene masculina.
13) Apesar de 99% dos turcos professarem a fé muçulmana, o aborto é legalizado no país e visto como uma coisa normal.
14) Sobre o natal na Turquia escrevi um post anterior sobre o assunto: http://vida-na-turquia.blogspot.com.br/2010/12/natal-na-turquia.html
15) Sobre os banheiros já escrevi aqui: http://vida-na-turquia.blogspot.com.br/2010/04/toilets-la-turca.html
16) Turcos gostam de mulheres de estilo mais discreto, mulheres que riem alto, que demonstram um estilo mais despojado não costumam agradar os turcos e a família turca.
17) Na Turquia não existem motéis, existem hotéis, sobretudo nas cidades grandes que aceitam casais sem que os mesmos apresentem a certidão de casamento , como é exigido em algumas cidades menores.
18) Já que falei em casamento, o estrangeiro após 3 anos de casamento com cidadão turco pode pleitear a cidadania turca, desde que fale turco fluentemente. Na audiência de solicitação de cidadania o estrangeiro deve demonstrar que fala bem o idioma e muitas vezes é necessário que cante o hino nacional turco, como parte da avaliação.
19) Fazer o sinal de figa com a mão é o mesmo que mandar um turco para aquele lugar.
20) Quando um casal se casa ambos devem chamar os sogros de pai e mãe. Então teoricamente depois de casada a pessoa terá dois pais e duas mães.
A medida que eu for lembrando de mais costumes ou curiosidades vou postando mais.

As flores abaixo fotografei nos jardins de prédios na Turquia, para mostrar como o povo é educado e não arranca as flores dos jardins, jamais!






















22 comentários:

francisca melo leite disse...

FRANCISCA MELO LEITE;GOSTARIA DE SABER SE É PERIGOSO VIAGAR PARA a TURQUIA A GORA COM OS ATENTADOS QUE ESTA ACOMTESEND.

Hürrem disse...

Bom, depende do local que vc pretende visitar. Perigo sempre existe, mas não é uma coisa assim tão assustadora, a vida segue normal na Turquia, como em qualquer outro país. O que deve ser feito é tomar cuidado para não ficar no meio de multidões por exemplo. Ter os mesmos cuidados que vc teria visitando a França ou qualquer país da Europa.

Trainee de Cozinheira disse...

Hurrem, olá! eu gostaria de visitar a Turquia com a minha filha, meu marido não se interessa, mas fiquei sabendo que não respeitam as estrangeiras, falaram até que eles abordam e até estupram as estrangeiras muito facilmente isso procede?
Abs
Maura

Anônimo disse...

Olá Hurrem, tenho uma dúvida você disse que os Turcos gostam de estrangeiras,entretanto tenho lido em alguns blogs e visto em alguns canais da internet que o que eles sentem por algumas estrangeiras e em particular pelas brasileiras é na verdade desprezo, pelo fato da cultura brasileira fazer apologia ao sexo e a sensualidade feminina.Acredito que deve depender muito do tipo de homem turco,não devendo haver uma generalização, porém é o que vi em muitos blogs e canais.Qual é sua opinião sobre isso?Continue postando,estou curtindo muito seu blog.Bjs!!!

Bete Oliveira disse...

Ola Hürrem gostei muito do seu blog pois sanou minhas curiosidades sobre as tradições turcas mostradas na novela Sila li todas as suas respostas AIS comentários, mas ainda fiquei com duvidas sobre as construcoes das casas,porque tantas escadas para acessar os espacos da casa, e nos espacos em aberto ficam mesas e bancos ao ar livre como estas coisas sao preservadas, achei interessante que na casa da Bedar tem um cercado com o que parece colchoes no alto da casa onde Boran e Sila olharam o ceu,bem romântico, eles usam muitos tapetes pelo chão, fico pensando como eles mantem todas estas coisas limpas visto que ficam ao ar livre e na casa do Boran ainda tem um comodo com bombos sao animais que eles gostam e por isso sao mantidos ou tem alguma finalidade pra eles.Agradeço muito pela atenção e paciencia.Parabéns pelo blog. Bjs.

Hürrem disse...

Trainee de cozinheira, não é verdade que eles não respeitam as estrangeiras. Fato é que tem muitas mulheres, sobretudo européias, que vão mesmo para Turquia sozinhas para ter aventuras com homens turcos, sobretudo em Istambul e essas mulheres tem suas aventuras e voltam para os seus países de origem. A verdade é essa. Mas todos os homens do planeta sabem bem qual é o tipo de cada mulher. Você e sua filha indo a passeio e se portando normalmente , não tem a menor chance deles cruzarem a linha com vocês. Eles vão se respeitosos com vocês com certeza. Sobre estupro, acontece em todo o planeta infelizmente, mas não é uma coisa que acontece com estrangeiras exclusivamente. Mas não é uma coisa comum, vocês andando nos lugares onde os turistas andam, não indo a lugares perigosos, não terão problemas. Espero que possam viajar. Vocês vão amar tenho certeza!!!! beijos

Hürrem disse...

Anônimo, não é verdade que os turcos sentem desprezo pelas brasileiras! Todo o contrário, eles tem muita curiosidade pelo Brasil. O turco não gosta é de mulher vulgar, seja ela de que nacionalidade for. As de mais má fama na Turquia são as russas. E a fama das brasileiras infelizmente todos sabem qual é no mundo :(

Hürrem disse...

Bete Oliveira, sobre as casas cheias de escadas e abertas creio ser "moda" na cultura árabe/curda, eles gostam dessas coisas. E os vários andares das casas é justamente para dar mais privacidade aos casais que vivem nela, já que esse pessoal curdo/árabe gosta mesmo é de morar junto . Eu também me faço a mesma pergunta sobre os sofás e tapetes ficarem na area externa das casas. Quando estive em Mardin e região, observei que apesar disso, tudo era limpo, acho que é uma questão de costume e, como não chove muito por lá, eles só teriam que recolher as coisas em tempos de chuva. Sobre os pombos, os turcos gostam mesmo deles, acho que tem que ver com o Alcorão, pois nas religiões monoteístas os pombos são sinônimo de paz, liberdade e amor. Acho que por isso os turcos gostam tanto deles. Repare que o pombal do Boran fica no alto, não fica perto de outros cômodos da casa onde a família vive, acho que isso é para facilitar a higiene.
Um beijo querida

Sara disse...

Eu adoro blogs que além de muitas fotos têm muitas histórias e factos interessantes de outros países! Tal como o seu! Não conheço a Turquia ainda, mas quero conhecer um dia.

Hürrem disse...

Eu também gostei muito do seu blog Sara, exatamente pelas mesmas coisas :)
Já estou te seguindo!
Um abraço

francisca melo leite disse...

Olá,boa tarde,que você tenha um bom final de semana,gostei bastante e muito obrigada Deus ti Abençoe beijos e até masvez.

Anônimo disse...

Quero trabalhar na Turquia. Seja do que for, faxineira, baba, não importa. É possivel? Falo ingles médio, e pouquissimo turco, suficiente pra nao passar fome.

Hürrem disse...

Bom, se vc ficar ilegal no país até pode ser, mas para trabalhar legalmente no país e preciso tirar a permissão de trabalho no país. Nenhuma empresa vai te contratar sem essa permissão pois pode ser multada. Conseguir essa permissão e que e complicado..sugiro vc procurar a embaixada da Turquia no Brasil e pedir maiores informações sobre o assunto. Consulte a homepage da Embaixada turca no Brasil e escreva um email para eles.

Anônimo disse...

Olá Hürrem, td bem ? Estive lendo seu blog e achei fantástico as dicas e explicações.Porem eu tenho uma dúvida, já faz mais ou menos 1 ano que tenho amizade nas redes sociais com um turco, de Istambul e conversamos pelo What's tbm, mas em pouco tempo ele já disse que me Ama e quer fazer de tudo para que eu o ame tbm, que ele não irá medir distância para vir me ver aqui no Brasil mas tbm sonha no dia em que eu vá pra lá, mas para ficar. Inclusive até citou que me ajuda a arrumar um emprego, uma casa e que posso levar minha mãe junto, para que eu me sinta melhor... Enfim, a história é meio longa, eu gostaria de saber o seguinte: É seguro manter contato com ele, porque Todos ao meu redor acham perigoso pelo fato do Oriente médio sempre estar em conflitos, Ele diz em manter um relacionamento sério, isso poderia resultar em casamento e eu ter que me mudar de país e se é comum manter um relacionamento a distância, com declarações da parte dele? Muito obrigada pela atenção, bjoss

Hürrem disse...

Olá anônimo,
Olha, como tudo na vida, vc deve investigar o máximo que puder para saber se ele está sendo sincero ou não. Quanto a isso de dizer que ama, eles dizem mesmo, bem rapidinho, pois confundem muito os conceitos de gostar e amar, pois esse verbo em turco "Sevmek" significa as duas coisas, amar e gostar.
Os turcos não costumam ter namoros longos, eles logo partem para o casamento.
Quanto a ele te ajudar a arrumar emprego e levar tua mãe junto, complicado isso, porque vc se casar com ele terá automaticamente a autorização de residência, mas sua mãe não... teria que fazer um processo a parte e ver se o governo turco autorizaria sua mãe a residir no país. Já te digo que é dificil, pois já vi brasileira com filho de outro casamento, casada com turco, tendo o filho do outro casamento sendo ameaçado de deportação, porque eles consideram dependente o filho do casamento do mesmo marido (do turco), não de outros casamentos. Sua mãe seria complicado levar.
Quanto a conseguir emprego, vc até pode, sendo casada com o turco, não sendo casada, alguma empresa tem que te convidar e pedir o visto de trabalho para vc. Sem visto de trabalho, vc só conseguiria trabalhar de faxineira, baba, essas coisas.
Quanto a ser seguro ou não vc se relacionar com ele, isso vc deve avaliar a medida que faz suas investigações. O pessoal aqui no Brasil é muito preconceituoso e pensa que todo mundo daquela região é terrorista, o que não é verdade. A grande maioria dos muçulmanos são gente de bem, terroristas são a minoria.
Meu conselho é : avalie, investigue, e peça para ele vir ao Brasil primeiro, para te conhecer, ver a sua realidade.
Beijos

Anônimo disse...

Olá Hürrem,
Nossa mto obrigada por responder, Fiquei muito feliz por isso. Como eu poderia investigar melhor ele ? Ja procurei pelo nome no Google e não encontrei nada. Nas redes sociais, tem apenas as fotos que ele manda, de vários momentos do dia dele. Obrigada mais uma vez. Bjoo

Tere Siqueira disse...

Olá, tudo bem???
Com relação a novela turca Sila, o que é aquilo que ela usa no cabelo??? Parece indiano, mas foi dado pela mãe de presente.
Os livros visto na novela você conhece os autores??? Sabe os nomes dos livros??
Muito obrigada

Hürrem disse...

Olá Tere,
Aquele enfeite que Sila usa no cabelo é um enfeite usado principalmente pelas mulheres curdas e árabes. Não sei como se chama, mas acho lindo. O que a Sila usa é de ouro, mas existem de prata e de biju também. Logicamente os de ouro são mais apreciados porque as mulheres desses locais gostam de usar muito ouro.
Sobre os livros, confesso que não conheço nenhum, mas a maioria é de poesia pelo que entendi. Um dos maiores e mais afamados poetas turcos foi Nâzım Hikmet . É muito comum as pessoas lerem sua obra. Pode ser que os livros sejam desse autor, mas não tenho certeza.
Beijos

Valderês disse...

Olá! Assistindo Sila me interessei muito pela Turquia e adorei seu blog. Entendi que a região de Midyati é de deserto. Você sabe informar como é o uso da água potável? Obrigada

Hürrem disse...

Olá Valderês,
A região de Midyat não é exatamente de deserto, ela é parte da planície da Mesopotâmia, banhada pelo famoso rio Tigre (aquele rio que vc viu na novela onde Boran atirou as roupas da falecida esposa), que vai até Bagdá, no Iraque. É uma região onde tem muitas plantações, pois eles possuem um sistema de irrigação baseado em canais que levam água do Tigre e outros. O uso da água potável pela população é normal, a água vem do Tigre e afluentes. Mas logicamente se o Rio baixa o nível das águas a população pode sofrer com racionamento. Beijos

Hürrem disse...

Uma pessoa anônima me mandou uma mensagem, de cunho particular, sobre tema de relacionamento com turco. Não vou publicar o comentário aqui porque não tem nada a ver com o tema do post. Mas o que eu acho anônima, a respeito do que me perguntaste é, veja bem como é o seu turco e a família dele. Se forem do tipo tradicionais muçulmanos, pode esquecer esse tema de piercing, que ele jamais vai aceitar. Veja bem o que vc quer para sua vida, se um homem que não te aceita como vc é só porque diz que te ama e quer casar ou se vc procura um homem que além de te amar, te aceite como vc é, com ou sem piercing. Mas veja também se ter um piercing é algo tão importante para vc, vital, que vc não pode abrir mão dele em prol da sua felicidade com o turco. Vc é quem deve pesar todas essas coisas. Abraços e felicidades.

Luiz Carlos Loes Escritor disse...

Oi